Cultura cidadã: aproximação psicossocial da norma legal no contexto de uma favela carioca

Georgie Alexánder Echeverri, Regina Glória Andrade

Resumen


Na primeira parte deste artigo, abordamos a cultura cidadã como desenvolvida na Colômbia pelo então prefeito de Bogotá, Antanas Mockus, levando em consideração tanto o arcabouço conceitual como os princípios metodológicos de aplicação, isto é, a interiorização da norma e a criação de estratégias comunicacionais para conseguir a cooperação coletiva por bem. Após fazermos uma aproximação psicossocial do conceito de cultura cidadã à luz da teoria das representações sociais, apresentamos os resultados de uma análise prototípica feita a partir da aplicação da técnica de evocações livres em 156 jovens da Mangueira, uma favela do Rio de Janeiro, exercício que nos permitiu fazer uma leitura sociocultural e política do entorno a partir do cumprimento ou descumprimento da norma legal. Por fim, e a modo de proposta pedagógica, apresentamos os resultados de uma pesquisa-ação participativa —o programa Aventureiros—, uma iniciativa de educação para a cidadania com crianças, baseada nos princípios metodológicos de implementação da cultura cidadã e adaptada ao contexto de uma favela do Rio de Janeiro.


Palabras clave


cultura cidadã; representação social; análise prototípica; norma; educação experiencial; pesquisa-ação participativa

Citas


Abric, Jean-Claude (1994a) L’organization interne des representations sociales: système central et système périphérique, in Structures et transformations de representations sociales, Neuchâtel, Delachaux et Niestlé.

Abric, Jean-Claude (1994b) Les représentations sociales: aspects théoriques, in Pratiques sociales e représentations, Paris, PUF, pp. 11-35.

Alcaldía de Medellín (2013) Indicadores de Cultura Ciudadana en Medellín 2013. [online] www.manosvisibles.org/documentos3/repositorio-laboratorio-de-innovacion-politica-para-la-paz/lecturas-base/39-encuesta-cultura-ciudadana-medelli-n-2013-1/file [10 de dezembro de 2016]

Andrade, Regina e Macêdo, Cibele (2010) Território Verde e Rosa: construções psicossociais no Centro Cultural Cartola, Rio de Janeiro, Companhia de Freud-Faperj.

Andrade, Regina e Macêdo, Cibele (2014) Territórios sem fronteiras: o social no contemporâneo, Rio de Janeiro, Companhia de Freud-Faperj.

Banco Mundial (2011) O retorno do Estado às favelas do Rio de Janeiro: Uma análise da transformação do dia a dia das comunidades após o processo de pacificação das UPPs. [Online] [14 de dezembro de 2015]

Bernstein, Basil (1990) Estruturação do discurso pedagógico. Classe, códigos e controle, Petrópolis, Editora Vozes.

Buzzaqui Echevarrieta, Adrián (1999) El «grupo operativo» de Pichon-Rivière: análisis y crítica, Madrid, Universidad Complutense de Madrid, [Tesis de Doctorado en Psicología Social].

Carvalho, José Murilo de (2013) Cidadania no Brasil, o longo caminho, Rio de Janeiro, Civilização Brasileira.

Cavallieri, Fernando y Vial, Adriana (2012) Favelas na cidade do Rio de Janeiro: o quadro populacional com base no Censo 2010. [Online] Coleção Estudos Cariocas, núm. 12, < portalgeo.rio.rj.gov.br/estudoscariocas/> [9 de dezembro de 2014].

DaMatta, Roberto (1997) Carnavais, malandros e heróis: para uma sociologia do dilema brasileiro, Rio de Janeiro, Rocco.

Doise, Willem (1986) Les représentations sociales: définition d’un concept, em L’étude des représentations sociales, Paris, Delachaux & Niestlé, pp. 81-94

Dos Santos, Myrian Sepúlveda (2006) Mangueira e Império: a carnavalização do poder pelas escolas de samba, em Um século de favela, Rio de Janeiro, Editora FGV, pp. 115-144.

Dowdney, Luke (2003) Crianças do Tráfico: Um Estudo de Caso de Crianças em Violência Armada Organizada no Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 7 Letras.

Echeverri, Georgie (2016) Aventureiros: programa de educação para a cidadania com crianças da Mangueira (RJ) baseado no Esquema Conceitual, Referencial e Operativo (ECRO), dissertação, Rio de Janeiro, Universidade do Estado do Rio de Janeiro, [Mestrado em Psicologia Social].

Farr, Robert (1987) Social representations: a French tradition of research, Journal for the Theory of Social Behavior, vol. 7(4), pp. 343-369.

Flament, Claude (1994) Structure, dynamique et transformation des representations sociales, Pratiques sociales et representations, Paris, PUF.

Gurovitz, Helio (2014) Viva a lei de Gérson!, Revista Superinteressante, nº 197. [Online] .

Haesbaert, Rogério e Limonad, Ester (2007) O território em tempos de globalização, Etc...espaço, tempo e crítica, vol. 2(2), pp. 38-52.

Jodelet, Denise (1984) Représentation sociale: phénomène, concept et théorie. In Psychologie Sociale, Paris, PUF.

Jodelet, Denise (1989) Les representations sociales, Paris, PUF.

Kolb, David (1984) Experiential learning: experience as source of learning and development, Englewood Cliffs (New Jersey), Prentice Hall.

Mockus, Antanas (2003) Cultura ciudadana y comunicación, La Tadeo, nº 68, pp. 106-111.

Mockus, Antanas e Corzo, Jimmy (2003) Dos caras de la convivencia: cumplir acuerdos y normas y no usar ni sufrir violencia, Análisis Político, vol. 16, nº 48, pp. 6-25.

Mockus, Antanas; Murrain, Henry e Villa, María (2012) Antípodas de la violencia: desafíos de cultura ciudadana para la crisis de (in)seguridad en América Latina, Washington D.C, Banco Interamericano de Desarrollo.

Moliner, Pascal (1994) Les méthodes de répérage et d’identification du noyau des représentations sociales, em Structures et transformations des représentations sociales, Neuchâtel, Delachaux et Niestlé.

Moscovici, Serge (1976) La psychanalyse, son image et son public, Paris, PUF.

Murrain, Henry (2009) Cultura ciudadana como política pública: entre indicadores y arte, em Cultura Ciudadana en Bogotá: nuevas perspectivas, Bogotá, Cámara de Comercio de Bogotá/Secretaría de Cultura, Recreación y Deporte/Fundación Terpel y Corpovisionarios.

North, Douglas (1992) Custos de transação, instituições e desempenho econômico, Rio de Janeiro, Instituto Liberal.

Oliveira, Denize et al. (2005) Análise das evocações livres: uma técnica de análise estrutural das representações sociais, em Perspectivas Teórico-Metodológicas em representações sociais, João Pessoa, Editora Universitária UFPB, pp. 573- 603.

Oliveira, Luiz Antonio Pinto de e Oliveira, Antônio Tadeu de (2011) Estudos e Análises. Informação demográfica e socioeconômica 1: Reflexões sobre os deslocamentos populacionais no Brasil, Rio de Janeiro, IBGE.

Rouquette, Michel Louis (2000) Representações e práticas sociais: alguns elementos teóricos in Estudos interdisciplinares de representação social, Goiânia, AB.

Sá, Celso Pereira de (2002) Núcleo central das representações sociais, Petrópolis, Vozes.

Sá, Celso Pereira de (2015) Estudos de Psicologia Social: história, comportamento, representações e memória, Rio de Janeiro, Editora Universitária UERJ.

Santos, Boaventura de Sousa (2007) Renovar a teoria crítica e reinventar a emancipação social, São Paulo, Boitempo.

Santos, Boaventura de Sousa (2009) Para um novo senso comum: a ciência, o direito e a política na transição paradigmática, São Paulo, Cortez.

Santos, Boaventura de Sousa (2010a) Pela mão de Alice: o social e o político na pós-modernidade, São Paulo, Cortez.

Santos, Boaventura de Sousa (2010b). A gramática do tempo: para uma nova cultura política, São Paulo, Cortez.

Wachelke, João e Wolter, Rafael Pecly (2011) Critérios de construção e relato da análise prototípica para representações sociais, Psicologia: Teoria e Pesquisa, vol. 27, nº 4, pp. 521-526.

Walzer, Michael (1998) The Civil Society Argument, em The citizenship debates, Minneapolis, University of Minnesota.


Texto completo: PDF (Português (Portugal))

Refbacks





Licencia de Creative Commons Esta obra está bajo una licencia de Creative Commons Reconocimiento-NoComercial 3.0 Unported.

ISSN 1988-7221